Identifique-se / Registe-se
JÁ ESTOU REGISTADO

Introduza o seu username e password para se identificar na nossa página.
Username
Password
Recuperar password
Login
QUERO CRIAR UMA CONTA

Se ainda não tem uma conta criada, utilize esta opção para aceder ao formulário de registo.
Nova conta
Dados de acesso inválidos
Não existe nenhuma conta registada que coincida com o USERNAME e a PASSWORD que introduziu.

Se não recorda a sua PASSWORD, utilize o link Recuperar password.

Se deseja registar-se, utilize o botão Nova conta.
Voltar
QUERO CRIAR UMA CONTA

Se ainda não tem uma conta criada, utilize esta opção para aceder ao formulário de registo.
Nova conta
Recuperar password
ESQUECEU A SUA PASSWORD?

Se esqueceu a sua PASSWORD, indique o seu USERNAME ou o seu EMAIL e enviar-lhe-emos um email com os dados de acesso.
Usename / email
Login
Recuperar
QUERO CRIAR UMA CONTA

Se ainda não tem uma conta criada, utilize esta opção para aceder ao formulário de registo.
Nova conta
Alterar password
Altere a sua password
Nova password
Confirme password
Fechar
Alterar
QUERO CRIAR UMA CONTA

Se ainda não tem uma conta criada, utilize esta opção para aceder ao formulário de registo.
Nova conta
voltar Actual
Presépios entre a tradição e a reciclagem
08-12-2017

Das mãos de João Paulo Gameiro saem presépios para todos os gostos de quem procure diferentes recriações da sagrada família tradicional

No centro histórico de Santarém há uma loja onde se podem comprar presépios ao longo de todo o ano. Não se tratam de vulgares representações da sagrada família de Jesus, mas antes criações saídas da imaginação de João Paulo Gameiro, artesão natural de Minde, concelho de Alcanena. Radicado em Santarém há 11 anos, João Paulo descende da família do pintor Roque Gameiro, mas encontrou inspiração longe dos pincéis, apesar de se dedicar igualmente às telas. Já exibiu alguns dos seus quadros numa mostra de artes inserida no projecto Verão In.Str...é um espanto!.

Expostos na montra e no interior da Turmalina Esótérica - a loja da esposa Maria Noémia Oliveira - na rua João Afonso, os cenários recriados por João Paulo mostram as principais figuras do tradicional presépio cristão de uma forma pouco habitual. Recicla os mais diversos e, por vezes, inesperados objectos. Não descurando a tradição, João Paulo utiliza materiais tão diversos como rolhas de cortiça; molas de roupa de madeira; pinhas; fósforos; tacos de madeira para soalho; amendoins; bolotas; castanhas; nozes; conchas de amêijoa, mexilhão e búzios; dvd´s, clips, caricas, cápsulas de café e por aí fora. Entre os mais insólitos e “mais loucos”, aponta os presépios montados com cascas de ovo cozido; de castanhas assadas ou de maçã, para além daquele construído "com a parte mais dura de um alho francês".

Para além da diversidade, há presépios de diferentes tamanhos. Os mais pequenos são miniaturas com cerca de dois centímetros, os médios medem de 15 a 20 centímetros e os maiores têm entre 50 a 60 centímetros. Até à data João Paulo terá criado cerca de três centenas de presépios. “Alguns são invendáveis, são feitos de materiais que têm um grande significado para mim”, confessa. Outros, dos quais se recusa desfazer, aproximadamente 70, fazem parte da sua colecção particular.

João Paulo diz ter sentido “cedo que algo das artes se encontrava dentro de mim, não muito na parte da pintura, mas antes do artesanato”. Já a morar em Santarém, frequentou no início da década um curso de artesanato dedicado ao barro e aos vidrados. Começou por fazer várias peças, mas depressa surgiu “o gosto por presépios e por Cristos na cruz”, recorda. No final do curso, “sem possibilidade de ter um forno para cozer o barro, comecei a fazer presépios em pasta de papel, material que se molda bem, pode-se pintar e envernizar”, explica. Aos poucos, foi juntando outros materiais, “e foram surgindo presépios diferentes”. Sobretudo, aponta, “tento inventar algo de muito original e diferente de tudo o que tenho visto”, e que pode ser “uma excelente ideia para um ‘mimo’ de Natal”, sugere. 

João Paulo percorre o País como artesão, neste mês de Dezembro participa numa das maiores mostras de presépios a nível nacional, a decorrer até ao fim do ano na aldeia de Gaeiras, uma exposição que faz parte da iniciativa Óbidos Vila Natal, evento que atrai anualmente milhares de visitantes. CQ

Fotos de Nelson Monteiro Magalhães

subscreva a nossa newsletter

Receba no seu email, informações que o vão deixar apaixonado por Santarém!

visite a nossa loja

clique aqui

acessos úteis

clique aqui

porque gostamos de santarém

informações legais

A marca e o sítio estão protegidos por direito de cópia (© Copyright). A proveniência de textos, imagens, som, vídeos e outros conteúdos do sítio foram cedidos pelos seus proprietários de forma livre e legal. Consulte a política de privacidade.